quarta-feira, 28 de abril de 2010

Lembram do ditado "a esperança é a última que morre"?

Acredito!

Mas acredito, também, neste outro tão verdadeiro quanto, sobre "esperar sentado"!

Sim, é como devemos esperar que os Aprendizes de J.D acordem, primeiramente "pra vida", e, se possível, para a competição...

O episódio de ontem deixou claro que lhes faltam habilidades-cidadãs, que podemos e devemos exigir de crianças em idade escolar: utilização consciente de espaços públicos ou não, higiene na manipulação de alimentos, respeito aos direitos dos idosos, reconhecimento dos erros cometidos...

Pior que errar, é, mesmo alertado sobre o erro, não enxergá-lo, tentar minimizá-lo, não transformá-lo em aprendizado.

E  isto tem sido  uma constante na 7ª edição do Aprendiz, erros se repetindo tarefa após tarefa.

A falta de atenção (ou seria de capacidade de compeensão?) quando da reunião inicial com o cliente, e consequente não atendimento do solicitado, a falta de cuidado com a marca, e com o ambiente do evento, tem sido determinates nas derrotas, mas o que lhes é apontado na sala de reunião, "entra por um ouvido e sai pelo outro", ou será que nem entra???

E, sejamos, justos (com "o" hehehe), J.D e seus conselheiros tem sido muito precisos na avaliação das equipes, e também dos participantes, individualmente...

O onde, como, de que forma e por que erraram, não apenas é falado, como é  mostrado através de fotos e vídeos... Sem margens para "como assim Bial, ops... J.D"???

Arrisco-me a dizer que, não fosse a "sala", não haveria programa...

Do episódio de ontem, custei a crer que ouvi bem, a líder, quando questionada por J.D quanto à cessão do destaque da tarefa ( Rodrigo Solano) para a outra equipe, respondendo:
 "foi um erro ele levou nossas ideias pra lá! Já tínhamos pensado nessas coisas em tarefa anterior"!
Hâ?  O cara levou as ideias "da equipe" no  bolso, impossibilitando que fossem colocadas em prática??? tsc tsc tsc (

Nessas horas sempre lembro de minha mãe falando, "quando não tiver nada para dizer, fica de boca fechada!"

Ai que grande oportunidade Nathália perdeu de colocar um ponto final após "foi um erro"...

E o que falar de Ramon Rone,  que "esqueceu" que idosos tem atendimento preferencial, mandou um senhor pro fim da fila, e ao ser criticado por J.D pela forma como tratou o idoso, que também era portador de deficiência física?

Melhor nem falar nada, né? Não notou a muleta, não notou a idade, nem a dificuldade com a fala...

Mas ,me pareceu que  Ramon Rone viu, naquele senhor, um "não consumidor em potencial"....

Resumo da Ópera? Leia aqui, no Blog O Aprendiz ►Episódio 4


                Nathália Nora, da equipe AVANT???, a demitida da vez, que se não fosse só, iria bem acompanhada!

5 comentários:

BECA disse...

Oi Bel, nem to conseguindo ver o Aprendiz, .... tenho acompanhado pelos blogs como o seu. Acho q a Record deveria colocar um pouco mais cedo, tipo, na hora da novela da Globo das 21hs, kkk. Não seria uma boa?
Bom, não sumi, apareço tá?bjsssssss.

Mamis disse...

Eu nem posso te dar esperanças porque não estou acompanhando o programa, rsrsrs. bjs

Enfermeira Gi disse...

bom, pelo menos nos livramos dessa enjoada da natalia kkkkkkk eu demitiria o ramon junto! fez errado... tem coisas que vem na bagagem de educação de casa, bagagem de vida e nessas horas percebemos como muitos jovens são tão vazios...

Fernanda Reali disse...

Digo e repito, Bel: o programa está fraquinho porque os aprendizes universitários nã têm estofo quanto os mais vividos. Muita casquinha e pouco recheio. Doria é uma ótima supresa. Adorei a maneira como conduz a sala de reuniões.
Bjs

Claudia Damm e/ou Essa bonequinha tem manual disse...

Bel...

Justa, justíssima sua colocação em foco no Post...

Ainda to usando Lupa, p/ ver se enxergo um "futuro estagiário" que valha a pena ao menos para ser acompanhado no programa...

As provas estão repetitivas, só trocam de nome,

"Bocangelli, ops, Arcangelli e sua boca enorme não fala nada que seja útil, o outro conselheiro exagera na ausencia da presença e Dória no excesso de botox ainda não conseguiu dar um tom unicamente seu...

O programa precisa ser revisto o mais rapido possível, se não a dinamica será única, e o tempo perdido...

Sei la... juro que tento...

mas nao consigo me empolgar... e olha que nem lembro do Justus...

Abraço.......claudia